7ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE DISCUTIU E DEFINIU PROPOSTAS PARA A SAÚDE PÚBLICA

Secretaria Municipal de Saúde 29/04/2019

A Secretaria Municipal de Saúde em conjunto com o Conselho Municipal de Saúde realizaram nos dias 25 e 26, a 7ª Conferência Municipal de Saúde. Este ano o tema abordado foi Democracia e Saúde, enfatizando quatro eixos temáticos que são: Saúde como Direito, Saúde Mental no SUS, Consolidação dos Princípios do SUS e Financiamento Adequado e Suficiente para o SUS.

A abertura oficial aconteceu na noite do dia 25, quinta-feira, às 19h30, no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores, com a presença do Prefeito de Campo Novo do Parecis, Rafael Machado, bem como dos palestrantes convidados, sendo: Ana Maria Boabaid Carvalho Couto, Conselheira Titular do Conselho Estadual de Saúde de Mato Grosso, Fabio Henrique do Lago, Apoiador técnico da Facilita Gestão Pública Brasil, Andressa Pires da Silva Biava, Apoiadora da Regional Médio Norte Mato-Grossense do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso e Lucia Maria de Almeida, Secretária Geral do Conselho Estadual de Saúde.

O objetivo da conferência era debater e reunir propostas para a melhoria e desenvolvimento de políticas públicas do SUS em Campo Novo do Parecis, vez que a Conferência é uma união de representantes de todos os segmentos sociais locais envolvidos no Sistema Único de Saúde, sendo a participação de 50% de representantes dos usuários, 25% dos trabalhadores do SUS e 25% representantes dos gestores e prestadores de serviços de saúde.

Em sua fals a Secretária Municipal de Saúde realçou a importância da Conferencia para a população quanto à resolutividade das questões do SUS e que o objetivo da saúde é atender com qualidade, eficiência e eficácia o cidadão.

O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Renato Cerqueira, frisou que “o SUS somos todos nós, mesmo com todas as falhas do sistema o atendimento é feito para todos”. Pontuou que o município de Campo Novo do Parecis busca atender com recursos próprios fazer o seu papel na Atenção Básica, contando com a parceria dos Conselheiros e profissionais da saúde que desenvolvem um trabalho com responsabilidade e compromisso fazendo do município um lugar privilegiado quanto ao atendimento do SUS.

O Prefeito Rafael Machado pontuou que “falar de saúde é falar de vida, mais que qualidade de vida”. Destacou que o momento é oportuno haja vista a identificação de transformação dos valores, na educação, na política e nas posturas da população quanto aos valores patrióticos. Salientou que nos dias atuais é muito difícil fazer gestão de saúde pública, devido a  judicialização sobre os processos da saúde, bem como a interferência, as críticas pelas redes sociais e a ausência de compromisso da classe política sobre as políticas públicas de saúde.

A palestrante Ana Maria Boabaid Carvalho Couto ressaltou a inércia dos  poderes quanto as políticas públicas voltadas ao SUS, frisando que este é um momento de muita preocupação em Mato Grosso, vez que está sendo imposto um capitalismo selvagem e um modelo “hospitalecida” sobre o cidadão. Destacou ainda as práticas integrativas dos povos indígenas e a importância da fitoterapia para os dias atuais, assim como no passado. Disse ainda que o Sistema Único de Saúde foi criado para que não houvesse doentes, mas para prevenção de doenças.

As propostas aprovadas em plenária serão apresentadas na Etapa Estadual da Conferência, nos dias 2, 3, 4 e 5 de julho de 2019, em Cuiabá, e  na Conferência Nacional de Saúde, em Brasília-DF, no mês de agosto.

Foram eleitos também delegados que representarão o município em Cuiabá.

A abertura da 7ª Conferência Municipal de Saúde foi agraciada com uma belíssima apresentação da Orquestra de Violões Sinfonia das Cordas, da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, que executou o Hino Nacional do Brasil e Hino de Campo Novo do Parecis.

A 7ª Conferência Municipal de Saúde esteve sob a coordenação geral da enfermeira Lilian Karla Pegaiani Cattaneo.



Fotos/créditos: Atenção Básica SMS - RN


Imagens Relacionadas